Não me lembro de um governo que tenha feito tanto mal ao país como este
Manuel Alegre
InícioManuel AlegreNotíciasAgendaOpiniãoPresidenciais 2011LinksPesquisa
YouTube Twitter FaceBook Flickr RSS Feeds
Manuel Alegre à Lusa:
19-11-2014 Lusa

"Este Governo não tem remodelação política possível, tem de haver eleições", afirmou Manuel Alegre à Lusa, a propósito dos casos em torno da concessão de vistos ‘gold’ e da substituição de Miguel Macedo por Anabela Rodrigues na pasta da Administração Interna. Apreensivo por o Estado Português estar, segundo disse, "num processo de agonia a desfazer-se", Alegre considerou que "isto só acontece porque o Presidente da República não está a funcionar como o garante do regular funcionamento das instituições. A interpretação minimalista que Cavaco Silva faz dos seus poderes presidenciais permite que da parte do Governo haja um sentimento de absoluta impunidade", criticou. Ler mais

Manuel Alegre recebeu a equipa do DN em sua casa, de Lisboa. O escritório está forrado de livros, acumulados ao longo de décadas
Manuel Alegre ao DN:
Entevista conduzida por João Pedro Heniques, foto de Leonardo Negrão
01-11-2014 DN

Sem meias palavras, Manuel Alegre recorda ao vencedor das primárias que “tem um grande peso sobre os ombros”: fazer o “milagre” de “restituir aos portugueses a alegria de viver”. O histórico socialista não lhe pede um programa detalhado, antes “três ou quatro ideias-força”. Soares é o exemplo: nunca “acertou num número” mas sabia o que queria. Ler mais

*
Na Gala do S. Luís
07-10-2014

“Sou um republicano que tem o culto de uma rainha – essa rainha é Amália Rodrigues”, afirmou Manuel Alegre ontem, na Gala da Fundação Amália Rodrigues, quando recebia o Prémio Autor 2014, que este ano lhe foi atribuído por aquela Fundação. “Amália é uma daquelas pessoas raras que, sendo ela, é mais do que ela, é nós todos, o país passado e futuro”, disse o poeta, lembrando que Amália “canta a alegria dentro da tristeza e a tristeza dentro da alegria. E a saudade que ela canta não é só saudade do passado”, acrescentou, “é a saudade portuguesa de que fala o grande poeta Teixeira de Pascoaes – a saudade prospectiva, a saudade do futuro.”

O júri sublinhou que Manuel Alegre é um dos poetas que foi cantado por Amália Rodrigues e que tem fortes ligações ao fado, através de poemas seus cantados por diversos intérpretes.

Oiça “Meu amor é marinheiro” e “Trova do vento que passa” na voz de Amália, no final da notícia. Ler mais

14-11-2014

"As notícias publicadas no jornal i, na sua edição de 13 de Novembro, e o editorial inflamado do seu director, resultam da deturpação grosseira e intencional de declarações minhas, prestadas em resposta a uma pergunta formulada telefonicamente por uma jornalista desse jornal."

"Não me pronunciei sobre a substância e o que está publicado não corresponde nem ao que disse nem ao que penso."

"Aprendi a lição e não volto a responder a perguntas do jornal i."

Manuel Alegre

Ler mais
Manuel Alegre em Coimbra:
23-09-2014

“O populismo é incompatível com o PS”, afirmou Manuel Alegre em Coimbra, no Pavilhão dos Olivais, num jantar de apoio à candidatura de António Costa às eleições primárias no PS. Manuel Alegre disse ter-se sentido “ofendido com a proposta de uma lei eleitoral que visa diminuir o número de deputados, atinge a proporcionalidade e põe em risco a permanência dos partidos mais pequenos, os da esquerda mas também o CDS”, afirmou. “Isto é um atentado ao Parlamento, denunciou, uma cedência ao populismo ". Num discurso que terminou com o pavilhão em aplausos de pé, Manuel Alegre defendeu a necessidade de uma viragem em Portugal e na Europa e desafiou António Costa a restituir alma e alegria à política e à democracia. Ler mais

foto Tiago Petinga - Lusa
02-09-2014 Lusa

Jorge Sampaio, Almeida Santos, Manuel Alegre e Vera Jardim declararam hoje apoio a António Costa nas eleições primárias do partido, marcadas para 28 de setembro. "Decidimos dar o nosso apoio a António Costa. É nossa convicção que, pela sua experiência e capacidade política, António Costa pode levar o PS à vitória e à construção de um novo ciclo de crescimento económico e coesão social, assim como ao reforço da posição estratégica de Portugal na Europa e no mundo", diz texto assinado pelas quatro personalidades do PS. Ler mais

Manuel Alegre sobre a adesão da Guiné Equatorial à CPLP:
23-07-2014 Lusa

Manuel Alegre defendeu hoje que Portugal deveria ter ficado sozinho contra a adesão da Guiné Equatorial à CPLP, frisando que os Direitos Humanos e a língua portuguesa são mais importantes do que o petróleo. Ler mais

Manuel Alegre a propósito do seu livro "País de Abril":
Texto lido no Quartel do Carmo no dia 9 de Abril
09-04-2014 Manuel Alegre

Há quarenta anos, parece que foi ontem, eu estava ainda no exílio. Vi, em Argel, pela televisão, as imagens da tomada do Quartel do Carmo. Foi um privilégio viver esse momento, ainda que de longe. É um privilégio estar hoje aqui a revivê-lo com todos vós. Sem armas. Com poemas e canções que, em outro contexto histórico, também foram armas. Porque o mal, disse Eduardo Lourenço, combate-se com a criação, a poesia e a música. Ler mais

Arquivo 2005-2009
Discurso Directo
*
13-11-2014

Fernando de Mascarenhas, de quem fui amigo, foi um verdadeiro aristocrata, não só pelo sangue e pelos títulos, mas pelo espírito, um aristocrata de comportamento, da cultura e da democracia. Criou uma Fundação e colocou o património da família ao serviço das artes, da literatura e da língua portuguesa. Presto uma comovida e sentida homenagem.
Manuel Alegre Ler mais