"É preciso subverter o discurso cinzento e tecnocrático e recuperar a força primordial da palavra"
Manuel Alegre
InícioManuel AlegreNotíciasAgendaOpiniãoPresidenciais 2011LinksPesquisa
YouTube Twitter FaceBook Flickr RSS Feeds
> Notícias
*
Na Escola Secundária José Falcão em Coimbra
28-05-2013

“O miúdo que, há muitos anos, deu um tiro na boneca da irmã”, assim foi apresentado Manuel Alegre pela professora bibliotecária, Filomena Pedroso, aos alunos da Escola Secundária José Falcão, onde foi homenageado na passada terça-feira. A apresentação de Manuel Alegre na biblioteca da Escola, onde se encontravam espalhados pelo chão e pelas paredes versos seus, começou com um resumo da sua própria biografia, desde a infância, onde “antes de saber ler, já sabia poemas de cor”, passando pela escola primária de Águeda, onde “pela primeira vez, tomou consciência da desigualdade social: Por que é que uns, poucos, tinham sapatos e outros, a maior parte, não?” Ler mais

Manuel Alegre na entrega do Prémio Leya:
08-05-2013

Nuno Camarneiro, autor de "Debaixo de algum céu", romance distinguido com o Prémio Leya 2013, recebeu ontem o prémio das mãos do Presidente da República. Manuel Alegre, presidente do júri, lembrou a importância deste prémio, o maior em língua portuguesa, afirmando: "É um orgulho dizer que neste pequeno país do Sul nasceu a terceira língua da Europa Ocidental mais falada no Mundo. Esta cigarra da periferia espalhou a sua fala por vários Continentes."
Veja a intervenção de Manuel Alegre AQUI Ler mais