"É preciso subverter o discurso cinzento e tecnocrático e recuperar a força primordial da palavra"
Manuel Alegre
InícioManuel AlegreNotíciasAgendaOpiniãoPresidenciais 2011LinksPesquisa
YouTube Twitter FaceBook Flickr RSS Feeds
> Notícias
Manuel Alegre doando o manuscrito de "Alma"
Manuel Alegre doando o manuscrito de "Alma"
O escritor com Gil Nadais e Gabriela Canavilhas
O escritor com Gil Nadais e Gabriela Canavilhas
Manuel Alegre na inauguração da biblioteca municipal de Águeda:
“Este bem público é um fruto cultural da democracia”
16-10-2010

Manuel Alegre doou hoje ao Presidente da Câmara Municipal de Águeda, Gil Nadais, o manuscrito do romance Alma, nome fictício de uma terra que, segundo o poeta, é "o país da infância", "a essência" da sua terra natal. Comovido com a biblioteca moderna e bem equipada hoje inaugurada e que tem o seu nome, Manuel Alegre evocou os seus companheiros de escola, lembrou que era "dos poucos que usavam sapatos”, “essa diferença marcou-me sempre”, confessou. Recordou também os ritmos de Águeda, os seus ofícios, a toada musical da sua fala, “que ficou na escrita e nos poemas”.
Veja a intervenção de Manuel Alegre AQUI

“É algo impensável para mim quando era menino que um dia pudesse assistir na minha terra à inauguração de uma biblioteca com esta modernidade” e “com espírito de ser uma biblioteca aberta a todos”, confessou Manuel Alegre, que fez questão de agradecer a todos mas “sobretudo àqueles que, pela luta que travaram através dos tempos, tornaram possível a democracia”, porque “este bem público que está aqui é um fruto cultural da nossa democracia”.

A ministra da Cultura, Gabriela Canavilhas participou na inauguração da biblioteca municipal Manuel Alegre.