Vi o meu país a arder, sei que morreram cem pessoas em quatro meses e não consigo ficar calado.
Manuel Alegre
InícioManuel AlegreNotíciasAgendaOpiniãoPresidenciais 2011LinksPesquisa
YouTube Twitter FaceBook Flickr RSS Feeds
> Notícias
*
Manuel Alegre apresenta Prémio Goncourt em Lisboa
19-04-2011

Manuel Alegre apresenta hoje o livro “HHhH – Operação Antropóide”, de Laurent Binet, que ganhou o Prémio Goncourt 2010 em França. A sessão tem lugar no Instituto Franco-Portugais, em Lisboa, pelas 18.30. A edição portuguesa do livro é da Sextante.
HHhH é um título irónico, que significa “Himmlers Hirn heisst Heydrich", o que quer dizer “o cérebro de Himmler chama-se Heydrich” e remete para o episódio do assassínio do oficial nazi Heydrich, braço direito de Hitler, que o autor cruza com a sua própria aventura como escritor em busca de pistas e dados para o seu livro. O cruzamento destas duas narrativas permite a Binet criar uma obra singular, onde o horrores perpetrados por Heydrich ganham uma dimensão profundamente humana e, por isso mesmo, profundamente inquietante.

"HHhH" é também uma crítica aos romances em geral e àqueles que ficcionam a realidade em particular.Por isso Binet é taxativo quando declara "o romance é uma forma desonesta de contar a História. Ou se está do lado da ficção ou da realidade. Mas não se pode estar nos dois lados ao mesmo tempo".

O livro regressa ao cenário da 2.ª Guerra Mundial para contar a história do assassinato do um oficial nazi Reinhard Heydrich, por dois pára-quedistas, um checo e outro eslovaco. Para Binet, nascido em 1972, a II Guerra Mundial “é a encarnação da Guerra de Tróia, uma tragédia que toca a essência humana mais profunda”, segundo afirmou em entrevista ao DN.