Nós voltaremos sempre em maio
Manuel Alegre
InícioManuel AlegreNotíciasAgendaOpiniãoPresidenciais 2011LinksPesquisa
YouTube Twitter FaceBook Flickr RSS Feeds
> Notícias
*
Lisboa atribui por unanimidade Medalha de Honra da Cidade a Manuel Alegre
13-04-2016 site da CML e Lusa

A Câmara Municipal de Lisboa atribuiu - por unanimidade, na reunião de Câmara de dia 13 de abril - a Medalha Municipal de Honra da Cidade a Manuel Alegre de Melo Duarte, pela sua entrega à causa da liberdade, da cidadania e de Portugal e em sinal de reconhecimento pela sua obra, no âmbito da comemoração dos 50 anos de “Praça da Canção”.

"Apesar de apreendidos pela censura, os dois primeiros livros de Manuel Alegre, "Praça da Canção" (1965) e "O Canto e as Armas" (1967), circularam de mão em mão em cópias manuscritas e datilografadas e tornaram-se rapidamente livros míticos de toda uma geração que enfrentava a ditadura e a guerra colonial", aponta o texto da proposta.

A distinção considerou "o reconhecido mérito de que Manuel Alegre tem sido alvo no âmbito nacional e internacional", bem como "a importância, também para a cidade de Lisboa, do seu combate pela democracia e pela liberdade, bem como da totalidade da sua obra literária, em especial da poesia em que Lisboa surge com destaque".

Manuel Alegre, diz a proposta, tem ainda “uma grande ligação ao fado de Lisboa, património imaterial da humanidade, tendo sido cantado, para além de Amália Rodrigues, por Carlos do Carmo e João Braga, entre muitos outros.”

A proposta foi subscrita pelo presidente da autarquia, Fernando Medina, que sublinhou também Manuel Alegre se tornou "num dos grandes construtores da democracia", tendo estado preso e exilado durante a ditadura.