"Há um descuido e uma ignorância muito grande para um povo antigo como o nosso"
Manuel Alegre
InícioManuel AlegreNotíciasAgendaOpiniãoPresidenciais 2011LinksPesquisa
YouTube Twitter FaceBook Flickr RSS Feeds
> Notícias
Com o livro de poemas ‘Bairro Ocidental’
Manuel Alegre é o grande vencedor do XXI Grande Prémio de Literatura dst
25-05-2016

O Júri do XXI Grande Prémio de Literatura dst distinguiu hoje a obra Bairro Ocidental, de Manuel Alegre, onde reencontrou "uma das mais carismáticas vozes de protesto e de indignação portuguesas". Segundo o comunicado emitido, o júri “encontrou nesta obra de um dos mais celebrados poetas portugueses contemporâneos o reerguer de uma voz de protesto e de indignação, um retrato inconformado da Pátria e das ditaduras que nos governam, designadamente a dos mercados, com evidentes pontos de contacto com ‘Praça da Canção’, um dos livros mais celebrados de Manuel Alegre, editado há já meio século.”

No dia 25 de maio de dois mil e dezasseis, numa das salas do Instituto de Letras e Ciências Humanas da Universidade do Minho, reuniu, pelas catorze horas, o júri do Grande Prémio de Literatura dst, constituido por Vítor Aguiar e Silva, Carlos Mendes de Sousa e José Manuel Mendes, e decidiu atribuir a Manuel Alegre o XXI Grande Prémio de Literatura dst pelo livro de poemas “Bairro Ocidental”.

O Grande Prémio de Literatura dst, instituído pelo grupo dst e que nesta edição registou um recorde de participações, é já uma referência incontornável no panorama cultural português, apresentando-se com um funcionamento rotativo, premiando num ano uma obra de prosa e, no seguinte, uma obra de poesia. Já distinguiu nomes como Luísa Costa Gomes, Mário de Carvalho, Maria Ondina Braga ou Jacinto Lucas Pires.

O prémio, no valor de 15 mil euros, será entregue a Manuel Alegre no dia 1 de julho no teatro Circo, por ocasião da Feira do Livro de Braga, um evento que também conta com o apoio do grupo dst, um grupo das áreas da engenharia e construção, ambiente, energias renováveis, telecomunicações e 'ventures', que tem dado grande apoio às actividades culturais em Braga.

Os finalistas desta edição do Grande Prémio de Literatura dst selecionados pelo Júri em 13 de maio passado, além de Manuel Alegre, com 'Bairro Ocidental', foram: Isabel Mendes Ferreira, com 'O Tempo é Renda'; João Miguel Fernandes Jorge, com 'Mirleos'; Luís Filipe Castro Mendes, com 'A Misericórdia dos Mercados' e Luís Quintais, com 'O Vidro'.