"A Democracia não se faz com demagogos e oportunistas, faz-se com cidadãos"
Manuel Alegre
InícioManuel AlegreNotíciasAgendaOpiniãoPresidenciais 2011LinksPesquisa
YouTube Twitter FaceBook Flickr RSS Feeds
> Notícias
Alerta de Manuel Alegre sobre os resultados das eleições europeias:
26-05-2014 com Lusa e RTP1

"Estas eleições representaram uma vitória do PS, que aparece como uma força de mudança e de alternativa, e uma derrota histórica da coligação de direita - derrota da política interna que fez, e derrota da sua política europeia, da submissão total em relação às instituições europeias e sobretudo em relação à senhora Merkel, que também não tem um resultado famoso na Alemanha ", declarou Manuel Alegre ontem à noite, após a divulgação das primeiras projecções dos resultados eleitorais. Ler mais

No comício do PS em Coimbra
19-05-2014 Lusa

O ex-candidato presidencial Manuel Alegre fez hoje um duro ataque ao "número um" da lista europeia da coligação PSD/CDS, Paulo Rangel, acusando-o de ofender a democracia, "espírito inquisitorial" e de lembrar quem considerou os judeus "um vírus". Manuel Alegre falava no comício do PS em Coimbra, começando logo a sua intervenção por dizer sentir-se "profundamente incomodado e muito indignado" com a afirmação de Paulo Rangel sobre o "vírus socialista". Ler mais

Manuel Alegre, na Convenção Nacional do PS em Lisboa:
17-05-2014

Manuel Alegre afirmou, na Convenção Nacional do PS, que “é hora de mudança e de ruptura democrática”, na Europa e em Portugal. “Ruptura com esta política, com esta subserviência, com este desprezo por Portugal e pelos portugueses”, insistiu, questionando-se: “O que é que a direita está a festejar? Está a festejar a pobreza? Está a festejar o desemprego? Está a festejar a fome a que estão sujeitas muitas famílias? É isso que estão a festejar? Um país mais deprimido e mais pobre? Nós não celebramos a falsa saída da ‘troika’ que continua cá dentro com a cara do Primeiro Ministro e do governo PSD-CDS", disse Manuel Alegre, cuja intervenção levantou a plateia em aplausos.
Veja a intervenção de Manuel Alegre na íntegra AQUI Ler mais

Manuel Alegre à Lusa:
13-05-2014 com Lusa

"Há uma deriva tecnocrática e autoritária na Europa, que colocou as instituições europeias ao serviço do poder financeiro contra as pessoas e contra o modelo social europeu", afirmou Manuel Alegre em declarações à Lusa. “Penso que é preciso uma ruptura democrática aqui e na Europa", defendeu, considerando que “o Governo português se colocou ao lado dos credores contra o interesse nacional, contra as pessoas e, em particular, contra o Estado social.” Ler mais

Manuel Alegre em Braga:
09-05-2014 com Lusa

Em Braga, por ocasião do lançamento do seu livro “País de Abril”, Manuel Alegre acusou o Governo de "trair" Abril e considerou que a Europa está desvirtuada por se ter "transformado" num "império do capitalismo financeiro", apelidando a Comissão Europeia de "serventuária" dos mercados financeiros. "Abril está a ser traído porque Abril não era só liberdade, era também a igualdade e era, sobretudo, além dos direitos políticos, os direitos sociais e o Estado Social, que está a ser desfeito ou reduzido ao mínimo por este Governo", disse. Ler mais

*
05-05-2014

Manuel Alegre e Fernando Piteira Santos são recebidos à chegada, no aeroporto de Lisboa, por Sottomayor Cardia, Francisco Ramos da Costa, fundador do PS e Maria Lamas, para além de muitas outras figuras da resistência. As crianças na foto são Leonor e João Fiadeiro, netos de Stella Piteira Santos, que regressara na véspera, de comboio, com Mafalda Durão, mulher de Manuel Alegre, e seu filho Francisco. Ler mais