"Se publicasse as memórias, lá apareceria o Kurika como companheiro"
Manuel Alegre
InícioManuel AlegreNotíciasAgendaOpiniãoPresidenciais 2011LinksPesquisa
YouTube Twitter FaceBook Flickr RSS Feeds
> Notícias
Manuel Alegre considera “útil e positivo” que haja uma candidatura presidencial do PCP
24-08-2010 com Lusa e RTP1

Manuel Alegre reagiu ao anúncio do nome do candidato do PCP às presidenciais, Francisco Lopes, considerando “útil e positivo” que haja uma candidatura comunista própria, recusando a ideia de uma possível dispersão de votos de esquerda. “É útil e positivo que o PCP traga a sua voz, faça ouvir a sua voz, porque, como disse o secretário geral do PCP, ninguém melhor do que o PCP é capaz de mobilizar o eleitorado do PCP”, afirmou Manuel Alegre a propósito do anúncio da candidatura de Francisco Lopes a Belém, não deixando contudo de frisar que "não deve haver ambiguidades quanto ao objectivo essencial" da candidatura do PCP. "Se se trata de defender os valores de Abril", disse, "trata-se de saber com quem é que se está e o que é que se vai fazer para derrotar o candidato da direita".

Considerando que a decisão do PCP apresentar um candidato próprio era “esperada” e representa uma “contribuição positiva” para a defesa de valores que estão na ordem do dia, como os direitos sociais consagrados na Constituição, o candidato presidencial recusou a ideia de uma possível dispersão de votos de esquerda.

"Como várias vezes tenho dito nunca se perdeu uma eleição presidencial por responsabilidade do PCP. É minha convicção que, no momento certo, a direcção do PCP tomará a decisão mais adequada para garantir aquilo que definiram como o objectivo essencial, que é derrotar o candidato da direita”, sustentou.

Questionado se pensa, então, que o candidato apoiado pelo PCP poderá desistir antes das eleições, Manuel Alegre sustentou que “isso tanto se pode fazer por desistência, como não”. “Não é isso que eu estou a dizer. Estou a dizer é que o PCP tomará, no momento certo, como sempre aconteceu, a decisão mais adequada”, salientou.