"Na televisão, os comentadores de futebol substituíram grandes figuras da literatura portuguesa"
Manuel Alegre
InícioManuel AlegreNotíciasAgendaOpiniãoPresidenciais 2011LinksPesquisa
YouTube Twitter FaceBook Flickr RSS Feeds
> Discurso Directo
> Discurso Indirecto
*
Manuel Alegre soltou a memória e o livro fez-se
02-04-2010 Ipsilon, suplemento do Público
Entrevista de Isabel Coutinho

“Mesmo depois de crescido, o miúdo que pregava pregos numa tábua está convencido de que a poesia é um processo mágico”, conclui a entrevistadora Isabel Coutinho no final da entrevista com Manuel Alegre publicada na revista Ípsilon. Uma entrevista em que Manuel Alegre diz do seu mais recente livro que se trata “de uma escrita que puxa pela memória”, “uma escrita sobre o processo que leva à escrita, sobre os muitos ritmos do mundo que fazem parte do meu ritmo de escrita, na poesia e na prosa”.
Leia a entrevista no final da notícia.

Documentos
Documento em formato application/pdf Entrevista de Manuel Alegre à revista Ipsilon925 Kb