"Sobretudo nas horas em que tudo / de repente se esvazia / e pesa mais que tudo esse vazio / ... / é precisa (mais que tudo) a poesia."
Manuel Alegre
InícioManuel AlegreNotíciasAgendaOpiniãoPresidenciais 2011LinksPesquisa
YouTube Twitter FaceBook Flickr RSS Feeds
> Discurso Directo
> Discurso Indirecto
*
Urbano Tavares Rodrigues
09-08-2013

Um grande amigo, grande camarada, um escritor que marcou o século XX; um grande prosador que sempre tomou partido e não se fechou nunca numa torre de marfim e que combateu pela liberdade, pela acção e pela palavra.

Falou do amor e do erotismo sem tabus nem preconceitos, foi nesse aspecto um inovador.

Sempre atento às novas gerações de escritores, não esqueço que foi ele o autor do primeiro texto publicado sobre o meu livro Praça da Canção, que saiu no jornal República, em pleno fascismo.

Manuel Alegre