Descobrir não é criar. Chegámos sempre ao que, antes de nós, já lá estava. Mas em cada chegada aconteceu uma dupla descoberta: a dos outros por nós e a de nós próprios pelos outros.
Manuel Alegre
InícioManuel AlegreNotíciasAgendaOpiniãoPresidenciais 2011LinksPesquisa
YouTube Twitter FaceBook Flickr RSS Feeds
> Discurso Directo
> Discurso Indirecto
*
Manuel Alegre no programa Avenida da Liberdade:
“Estas receitas estão erradas. A vitória de Hollande abriu uma brecha”
18-05-2012

“A vitória de Hollande abriu uma brecha”, afirmou Manuel Alegre no programa mensal Avenida da Liberdade, em que debateu com Bagão Félix temas da actualidade. “Até a senhora Merkel já fala em crescimento”, acrescentou, salientando: “Bem sei que há uma distância entre as palavras e os actos, mas as próprias palavras já querem dizer alguma coisa”. “Estas receitas estão erradas. Todos os problemas estão a ser agravados” disse ainda Manuel Alegre, que defende uma reorientação na Europa.
Veja o Programa na íntegra AQUI

“As eleições na Grécia revelam um voto de protesto”, disse Alegre. Mas um dos dados saídos do encontro entre Hollande e Merkel, sublinhou, é a consciência de que “o problema da Grécia é um problema europeu”. “Esta política está errada”, repetiu, e “os líderes europeus têm que se sentar e pensar” numa reorientação.

“Não é admissível que uma pessoa que tem uma doença prolongada tenha que fazer uma «eutanásia social» por omissão do Estado”, afirmou Manuel Alegre, numa severa crítica aos cortes no transporte de doentes. “Os portugueses são falsos conformistas”, alertou ainda, lembrando que no século XX em Portugal se matou um rei, um príncipe e um presidente.