Descobrir não é criar. Chegámos sempre ao que, antes de nós, já lá estava. Mas em cada chegada aconteceu uma dupla descoberta: a dos outros por nós e a de nós próprios pelos outros.
Manuel Alegre
InícioManuel AlegreNotíciasAgendaOpiniãoPresidenciais 2011LinksPesquisa
YouTube Twitter FaceBook Flickr RSS Feeds
> Discurso Directo
> Discurso Indirecto
*
Miguel Veiga
15-11-2016

Sinto uma grande mágoa e saudade pelo falecimento do meu amigo Miguel Veiga. Tínhamos a mesma idade, foi o primeiro social democrata que conheci e que como tal se assumia, nos tempos de extremos, de paixão e de mudança em Coimbra. O primeiro e o último, dizia ele meio a brincar, meio a sério, sempre que eu lhe lembrava como nos tínhamos conhecido.
Partilhávamos os valores da República e da liberdade, o amor dos livros e da poesia, de que era grande leitor. Estivemos juntos na Constituinte.
Fundador do PPD e da democracia, a memória que dele guardo é a de um homem livre, fiel às suas convicções e à sua independência de espírito, um rosto do Porto, republicano e cavalheiro, com um grande sentido estético e ético da vida. São já muito raros os homens assim e por isso dói mais saber que já não podemos compartilhar o seu bom gosto, as suas histórias e a sua alegria de viver.

Manuel Alegre