Nós voltaremos sempre em maio
Manuel Alegre
InícioManuel AlegreNotíciasAgendaOpiniãoPresidenciais 2011LinksPesquisa
YouTube Twitter FaceBook Flickr RSS Feeds
> Discurso Directo
> Discurso Indirecto
*
João Maria André sobre “Tudo é e Não É”:
29-05-2013

Num brilhante ensaio sobre “Tudo É e não É”, de Manuel Alegre, João Maria André, filósofo e Professor catedrático na Faculdade de Letras de Coimbra, na apresentação do romance na Casa da Escrita, afirmou estarmos perante um livro que acaba por ser uma “vingança dos sonhos ou o reverso de Descartes”. Isto porque, apesar de se tratar de ficção, é uma obra que a partir do dispositivo dos sonhos e da sua interação com a realidade e com a escrita, subverte a lógica binária cartesiana. Ler mais

A escolha de Carlos Vaz Maques
20-05-2013 Carlos Vaz Marques, TSF
Maria Teresa Horta sobre "Tudo É e não É"
18-05-2013 Maria Teresa Horta, JL

"Porque se este romance é escrito com a matéria poética, de quem tão bem tem sabido cantar Portugal, com um olhar de maravilhamento, grandiosidade e asa, em contraponto gritante com a triste realidade dos tempos de chumbo que atravessamos, ele é, também, no seu cerne mais absoluto, inequivocamente, político e revolucionário. (...) O romance de um homem que tem a capacidade e a sabedoria de nos ir contando as suas inquietações, através de um repassar de memórias e reminiscências, que o sonhar desfia e transfigura." Ler mais

15-05-2013 João Morales, Time-Out Lisboa

O escritor António Valadares vê-se a braços com os seus sonhos, povoados por figuras recorrentes e protagonistas do seu passado. Encorajado pelo psiquiatra Miguel Varela a escrever essas fantasias, deparamo-nos com os sonhos, anseios e passado de um outro escritor: Manuel Alegre. Ler mais

Crónica sobre "Tudo é e não É"
15-05-2013 A Bola

Manuel Alegre tem um novo romance. Em que através do sonho faz, bela, uma história inquietante. É da vida, nos seus dramas e traições, que Manuel Alegre fala em “Tudo É e Não É”. Ou melhor: de escritor que, aflito, sem saber o que fazer com as palavras, se lança na busca de sentidos escondidos nas entrelinhas de um sonho feito de muitos sonhos e sempre o mesmo. Ler mais

Rui Lagartinho sobre “Tudo É e não É” de Manuel Alegre:
10-05-2013 Rui Lagartinho, Ípsilon, revista do jornal Público

Um sonho esconde outro. Manuel Alegre viaja em torno de si mesmo através do seu novo romance, na fronteira entre ficção e realidade. Ler mais