"Corri riscos, estive com pessoas que pertencem à História. Tudo isso fez de mim aquilo que sou."
Manuel Alegre
InícioManuel AlegreNotíciasAgendaOpiniãoPresidenciais 2011LinksPesquisa
YouTube Twitter FaceBook Flickr RSS Feeds
> Discurso Directo
> Discurso Indirecto
*
Opinião
31-12-2010 Daniel Oliveira, Expresso on-line

Quando os seus amigos rebentavam com o BPN Cavaco esteve calado. Quando Dias Loureiro mentiu ao Parlamento defendeu-o. Agora fala. Para atacar quem recebeu o presente envenenado. Ler mais

Opinião
31-12-2010 Elísio Estanque, Público

"A campanha em curso de ataques soezes contra Manuel Alegre (...) tem como objectivo não apenas branquear a importância do nosso passado histórico recente, mas igualmente estender a passadeira ao candidato Cavaco Silva, o economista e ex-primeiro ministro cujas responsabilidades políticas no processo português de adesão à UE devem ser lembradas" Ler mais

Editorial do jornal Público
30-12-2010 Público

A marca que sobressaiu do único debate entre os dois verdadeiros candidatos presidenciais desta campanha foi o ressurgimento de Manuel Alegre, numa altura em que a sua campanha parecia estar soterrada pelo desinteresse dos eleitores e pelo enorme favoritismo de Cavaco Silva. Mas Alegre ganhou o debate de ontem. E, talvez mais importante do que isso, Cavaco perdeu-o. Ler mais

Opinião
28-12-2010 José Carlos Palha Gaia, Público

"Ninguém debate ou quer debater o que pode estar em jogo realmente nestas eleições, ou seja a viragem mais à direita da nossa classe política. Não há nenhum comentador político que queira falar no assunto em profundidade, traçando os cenários possíveis para o ano 2011 em termos de correlação de forças na Assembleia da República e na Presidência. Se chegaram à conclusão (não sei com que interesse...), de que o melhor para o país é ter de novo Cavaco Silva na presidência e Passos Coelho no governo, então que o digam abertamente.(...) Assim sendo, vão vendendo sabonetes e pouco mais!..." Ler mais

Opinião
27-12-2010 André Freire, Público

"Cavaco não tem condições para ser um contrapeso em defesa do Estado social: muitos dos seus apoiantes pressioná-lo-ão para que seja o seu coveiro. Em sentido oposto, pelos seus valores, pelas suas práticas e pelos compromissos recentemente assumidos, Alegre é o candidato mais bem posicionado para defender os serviços públicos nestes tempos difíceis." Ler mais

Opinião
21-12-2010 Jacinto Lucas Pires, Público

Em Janeiro, a escolha é muito clara. Começamos a mudança ou continuamos de braços cruzados à espera que o céu nos caia na cabeça? Contentamo-nos com a resignação tecnocrática ou votamos numa visão política, positiva, de transformação? Apoio Manuel Alegre porque está na hora de voltar a acreditar na política e na mudança. De voltar a viver a política como um lugar próximo de todos, um lugar de verdade e ideias apaixonadas. Não venceremos nenhuma crise com menos do que isto. Ler mais

*
Hélia Correia no Martinho da Arcada:
07-12-2010 Hélia Correia

Há cinco anos empurrou-nos a paixão, uma combinação de herança e de frescura, a originalíssima organização de um sonho para o qual o querer de Deus não foi chamado. A candidatura de Manuel Alegre gerou, e essa era a sua natureza, uma extraordinária comoção – no sentido de gente que se move e leva um sentimento dentro dela.
O coração trabalhou muito e a voz também. Ao nosso «quase» não faltou o golpe de asa. Houve foi quem se orientasse mal, como os idosos que se enganam na auto-estrada, e se pusesse a atirar contra o seu pássaro, levando ao prejuízo que se viu.
Agora, amigos meus, a história é outra. O tempo de hoje tem tal velocidade que nos faz deslocar aos empurrões. Acordamos e achamo-nos num mapa cujas coordenadas nos escapam. Mas olhem bem: estamos de novo em Salamina. Ler mais