"Corri riscos, estive com pessoas que pertencem à História. Tudo isso fez de mim aquilo que sou."
Manuel Alegre
InícioManuel AlegreNotíciasAgendaOpiniãoPresidenciais 2011LinksPesquisa
YouTube Twitter FaceBook Flickr RSS Feeds
> Discurso Directo
> Discurso Indirecto
Para todos os assuntos relacionados com o autor Manuel Alegre ou com a sua obra literária contacte rbreda@dquixote.leya.com
1 / 2
1 2
Ana Maria Barroso
29-06-2010

Meu Caro há necessidade de termos um PR com cultura, que saiba ocupar o seu lugar. O lugar de PR deve ser apartidário e servir todos qualquer que seja o credo ou partido. Manuel Alegre és um cidadão atento espero que quando fores eleito continues a ser e não te deixes levar pelas falinhas mansas de determinados "cidadãos". É necessário um PR interventivo, que saiba a realidade deste nosso país e que não se enfie no seu casulo e não veja o que se passa. Vai ser uma luta difícil, mas espero que todos juntos vençamos tudo e todos. É necessário dobrar o "Cabo das Tormentas", vencer o "Adamastor" e devolver a Esperança a todo o povo português. Força

José Pedro Esteves Gomes
29-06-2010

Só para deixar aqui o link para um artigo que escrevi em relação ao meu apoio à candidatura de Manuel Alegre e que foi publicado pelo "Diário de Viseu".
http://jsconcelhiaviseu.blogspot.com/2010/06/artigo-de-opiniao-do-coordenador-da.html
Cordialmente,
José Pedro Gomes

- Estudante da Licenciatura em Economia na Faculdade de Economia da Universidade de Coimbra (FEUC);
- Vice-Presidente da Mesa do Plenário do Núcleo de Estudantes de Economia da Associação Académica de Coimbra (NEE/AAC);
- Coordenador da Concelhia de Viseu da Juventude Socialista (JS).

Maria Helena A.B. e Baião
27-06-2010

Gostaria muito que fosse divulgada neste sítio, a lista de economistas convidados para o jantar do próximo dia 30 de Setembro, porque tive a oportunidade de escutar, embevecida, as palavras do Professor Doutor José Castro Caldas, da Universidade de Coimbra, no Sábado dia 26 e acho que é um Economista rigoroso, cujas dúvidas seriam importantes de expor no contexto de crise económica que vivemos. Ninguém me encomendou nada, mas aqui fica a sugestão, esperando não maçar o Sr. Professor, pois o objectivo não é, de todo, esse.

Resposta da candidatura: Cara Maria Helena, a lista dos participantes no jantar está já disponível na primeira página do deste sítio. Gostará certamente de confirmar que o Professor Castro Caldas está confirmado entre os vários outros nomes presentes.

Antonio Borges
26-06-2010

Pois sr. Manuel Alegre se por acaso for eleito Presidente da Republica o que fará para bem dos retornados das antigas colónias que ajudaram a degradar em relação a reforma que eu penso termos direitos depois de tantos anos de trabalho .Um Pais tão rico onde deixamos tudo e regressei com um saco de plástico na mão penso que nos haviam de dar uma miserável reforma consoante os anos de trabalho que la tivemos .Sem mais pense nisso e faca algo para nos porque a vida e dura.

Joao Peste
24-06-2010

Olá, sou o João Peste Guerreiro, vocalista dos Pop Dell Arte, e gostava de apoiar publicamente a candidatura de Manuel Alegre à Presidência de República.

José Alves
24-06-2010

Olá camarada!
Pela tua luta, pelo teu brio, pela tua reputação e o teu passado de anti-fascista mereces a vitória que há cinco anos te escapou. Para tal podes contar com o meu voto e muitos mais nos quais me empenharei em recrutar. Desde já um abraço, cordiais saudações socialistas do teu camarada José Alves, desde Genebra, Suiça.

PAULO RIBEIRO
24-06-2010

EX SR MANUEL ALEGRE PEÇO-LHE QUE VEJA O PAIS REAL, ALDEIAS DESTE PAIS...
FORÇA PORTUGAL

Otiliano Neto
23-06-2010

Votarei Alegre porque é um homem de cultura, ligado à nossa história, escritor de mérito, corajoso quando enfrentou o antigo regime, qualidades essenciais para ocupar o cargo a que se vai candidatar

Fernando Primo
22-06-2010

Só Manuel Alegre pode olhar com mais firmeza para o descalabro da nossa educação, só Manuel Alegre consegue ver o estado social em que o País se encontra.
Por tudo isto, apoio Manuel Alegre, como o fiz na anterior candidatura.
Para a frente, que desta vez temos Presidente

Manuel Martins
21-06-2010

Apoio, com entusiasmo e esperança a sua candidatura a P.R.
precisamos de políticos íntegros, e que o sejam por dever cívico,
porque desejam, que no mundo, embora de um modo especial na nossa terra,
haja justiça, e grande preocupação com a dignidade humana; não tenho
duvida que estes são valores que o Sr deseja, e defenderá.
Na medida do que for capaz, comprometo me a defender e trablhar para o sucesso da sua candidatura; a bem do nosso pais e de todos os povos.
Manuel Martins, Ferreira do Zêzere

Maria Helena A.B.Baião
20-06-2010

Caro Manuel Alegre,
Atento no texto publicado hoje neste sítio sobre a morte de José Saramago. Além de todas as razões que me levaram a ser apoiante e propositora desta candidatura, vou somando sinais. Duas ou três pessoas que me conhecem bem, sabem que o livro "Todos os nomes" foi - também para mim - o livro deste autor que mais me espantou, muito embora pequeno, portátil, tenha passado quase sempre despercebido nas nomeações das suas grandes obras. É sempre muito gratificante saber quando nos identificamos com os ideais, o pensamento de alguém que desejamos ver como Presidente de Portugal.

Ana Barroso
16-06-2010

Caro Camarada desde sempre na minha memória ficará a sua foto com o fundo de cravos vermelhos, símbolo da democracia e da liberdade. Força, é preciso mudar este nosso país antes que se torne um caso perdido. Nós também somos inteligentes, competitivos, etc, não temos é oportunidade de o mostrar. Força Camarada. Abraço

Carlos Luna
14-06-2010

ALEGRES RUAS DE OLIVENÇA(*)

Alegres ruas de Olivença,/
do povo feliz agasalho,/
prósperas, como recompensa/
do teu suor e trabalho.//

Foi uma bem cruel sentença,/
e mui profundo enxovalho,/
tirar-lhes nomes de nascença/
e por-lhes outros a retalho.//

A memória era forte demais,/
e, apesar dos anos passados/
eles ainda estavam actuais!//

Vão ser, pois recuperados/
os belos nomes ancestrais/
criados pelos antepassados!//

Estremoz, 04 de Junho de 2010
Carlos Eduardo da Cruz Luna ((*) em homenagem à notícia da recuperação dos velhos nomes
portugueses das ruas de Olivença, inaugurada em 12 de Junho de 2010)

Jorge Mouta Reis
14-06-2010

Dr. Manuel Alegre parabéns pela sua coragem. Vai ser difícil. Seus opositores são muitos, muitos deles nada querem saber de Portugal nem dos portugueses! É contra este marasmo que V. Exª. deve lutar, como sempre tem lutado. É possível que ganhe a PR, mas de qualquer forma, está no terreno da luta por este Desgraçado País! E isso é já uma vitória. Lembre-se das terras desérticas e abandonadas do Douro e das Beiras, dos ramais ferroviários do Douro em especial entregues ao abandono e com eles as suas gentes e os sonhos delas. Um "murro na mesa" como V. Exª. sabe dar, poderá fazer acordar responsáveis adormecidos. Portugal pode ter futuro para todos: Se Ricos e pobres, derem as mãos e está na mão do futuro Presidente da República.

Germano Vaz
13-06-2010

Ser-se Português, é ter-se a honra, a noção a sensatez, de se ser isso antes de se ter partido. Ao olhar Manuel Alegre é sentir-lhe transportar na sua Alma Enorme, segmentos do espírito de José Afonso, de Adriano Correia de Oliveira, de Manuel da Fonseca, de Natália Correia ou Luis Vaz de Camões, de tantos gestos, sentimentos e gritos, que desenharam, escreveram, ou esboçaram o que de mais nobre Portugal pode e tem para dar, a si próprio e ao Mundo. As Humanidades.
Vivermos encalhados numa extremidade fatalista da História, é coisa que a própria História tem, forçosa e obrigatoriamente de nos explicar. Os homens do poder não podem passar a vida a encher de desculpas os ouvidos de um povo pacífico e bom, ao ponto de quase o fazer descrer e desacreditar nas suas enormes virtudes. Deixando-o quase inerte, inoperante. Manuel Alegre, foi capaz de dizer, primeiro o País, abre-nos a luz de um destino novo.
Germano Vaz
12-6-2010

Luís Filipe
09-06-2010

Tal como nas últimas eleições, cá estou para voltar a apoiar Manuel Alegre. Força Alegre! Yes We Can!

Rui Pato
09-06-2010

Apoio esta candidatura por duas razões. A primeira é por uma questão de afecto; o conhecimento que tenho do Manuel Alegre é de que é um homem intransigente no concretizar dos objectivos que persegue; é um ser sensível, solidário, com grande nobreza de espírito.

A outra razão é mais de ordem política; os portugueses, duma maneira geral, estão desiludidos com a classe política, estão temerosos com a crise, com o desemprego, com o esforço que lhes é exigido e mal explicado. Esta candidatura pode e deve abrir uma janela de esperança, uma maneira diferente de ver a economia, outro posicionamento perante os parceiros europeus. Ela deve ser muito mais do que os partidos que a apoiam...
Victor M.M.Martins
09-06-2010

Para o mandato de MA opino que a sua intervenção tem que ser relevante em todos os sectores da vida nacional mantendo contactos regulares, com agendas por si elaboradas, com todos os orgãos de soberania e, ainda, com entidades a quem competem funções de controle e de supervisão.
Por sua vez,sempre que julgue necessário dirá aos portugueses o verdadeiro estado da Nação, esclarecendo-os e mobilizando-os.

É, assim que vejo, com os poderes que a Constituição outorga, o forte desempenho das funções do PR.
E para este forte desempenho só velo um candidato: MAUEL ALEGRE.

Rogério Brás Gil
09-06-2010

Meu caro Presidente(...)é um prazer revigorar mais que a prosa, a dinâmica duma dialéctica que nos funde num ideal!
Depois de percorrer um caminho perfeitamente comum, nunca pensei dirigir-lhe estas palavras de encorajamento. Admiti que politica e ideologicamente estivéssemos moribundos! NÃO, felizmente.
Ainda que invariavelmente os seus mais directos colaboradores tenham sempre a mesma cara certamente todos esperamos que não haja viciação no jogo mas sim sinal de confiança! Vamos então devolver a ESPERANÇA a Portugal!Com a estima do Rogério Gil-seu apoiante.

rosario Duarte da Costa
09-06-2010

Neste Tempo de crise, resta-me a poesia...
A politica é um projecto. Dentro do projecto têm que se criar os métodos, os meios, a finalidade e, as ferramentas para atingir o objectivo!
Para isso, é necessária uma equipa, competente, motivada e integre.
Espero Que o consiga!
A península ibérica desanda, talvez se desagregue e, vá por ai pelos oceanos...
A solidariedade europeia? E como um casal, quando há problemas, às vezes um foge!
Permito-me dizer que traduzi hoje o poema de el-rei Don Sebastião para inserir numa página do meu blog. Caso o contrarie, é dizer e, eu retira-lo-ei!
De Lugdunum, um abraço!...Rosario Duarte da costa

1 / 2
1 2