"Na televisão, os comentadores de futebol substituíram grandes figuras da literatura portuguesa"
Manuel Alegre
InícioManuel AlegreNotíciasAgendaOpiniãoPresidenciais 2011LinksPesquisa
YouTube Twitter FaceBook Flickr RSS Feeds
> Discurso Directo
> Discurso Indirecto
Para todos os assuntos relacionados com o autor Manuel Alegre ou com a sua obra literária contacte rbreda@dquixote.leya.com
2 / 2
1 2
Eduardo salcedas
08-06-2010

Fiz parte de um Secretariado de Secção do Partido Socialista (Bonfim - Porto) e, nas eleições presidenciais anteriores, fui o único que assumiu apoio a Manuel Alegre.
Os outros, enredados na lógica do aparelho, em que o militante pensa muito pouco por si, estavam com o candidato do aparelho!
Alguns ainda estão no novo Secretariado da Secção. Pela mesma lógica estarão com Manuel Alegre. Mas será que estarão?
Tenho muito gosto em pertencer aos da 1ª hora e é com convicção que estou com Manuel Alegre neste novo combate!
Eduardo Salcedas

Paula Almeida
08-06-2010

em 1º lugar muito obrigada ...
Tenho muito orgulho por todo o seu percurso e como mãe estou grata por ser tão nobre pessoa um instrumento de educação de meus filhos que andam na 2 3 de Marvila... Espero que ganhe estou consigo...
Paula Almeida

Pedro Gomes Martins
04-06-2010

Mantendo a coerência de há 5 anos, vou voltar a apoiar a candidatura de Manuel Alegre.
Estou disponível para, na medida da minha humilde capacidade, ajudar no que for necessário.
Vamos em frente, desta é que é!!!
Pedro Martins

MANUEL ANTONIO VAZ
03-06-2010

VOU APOIAR E VOTAR NO MANUEL, HABITUEI-ME DESDE MENINO A OUVIR ESTE PORTUGUÊS, AINDA NA MINHA TERRA, ALJUSTREL, QUANDO MEUS FAMILIARES SINTONIZAVAM RADIO, QUANDO ERA PERIGOSO E RISCO. MAS APRENDI QUE A DEMOCRACIA ESTA DEFENDIDA POR CIDADÃO MANUEL ALEGRE E A CONSTITUIÇÃO SERÁ RESPEITADA.

Manuel Horacio Lima De Jesus
03-06-2010

Estarei ai para votar e para trabalhar como será meu dever de cidadão português. Reúnes todas a qualidades pessoais que nosso Povo precisa. Pensas em tudo que nos necessitamos. Tens o caminho certo que Portugal merece e tem que ter. Nós nunca pertencemos a Europa!
As ordens ao serviço do teu programa. Pelo correio segue a Inscrição na Lista Nacional de Apoiantes. O Povo vai estar contigo.

Fernando Branco
02-06-2010

Ouvi esta noite Manuel Alegre dizer que em 2006 ficara a 29000 votos da segunda volta. Eu lembrava-me que a diferença tinha sido pequena, mas pensava que era superior.
Usando os oficiais do site do MAI, se não me enganei nos cálculos, teriam sido necessários mais 69896 votos de eleitores que não votaram em qualquer dos outros candidatos, ou 34948 votos de eleitores que votaram em Cavaco Silva (ficarei surpreendido se muitos espectadores acharem que foi neste último sentido que o número foi referido). Naturalmente transferência de votos de qualquer outro candidato para Manuel Alegre nada teria alterado.
Se eu próprio não me enganei nos cálculos, este tipo de engano na televisão em frente de milhões não é aceitável.
Resposta da candidatura: Os seus cálculos não estão correctos. Segundo os números definitivos das presidenciais de 2006, Cavaco Silva teve 50,59% dos votos e Manuel Alegre 20,72%. Se Cavaco Silva tivesse tido 49,99% não teria havido segunda volta. Isto significa que com menos 32.763 votos Cavaco Silva falharia a segunda volta. Se Manuel Alegre tivesse tido mais 29.000 votos e toda a restante esquerda mais 3.763 votos, Cavaco Silva teria sido obrigado a uma segunda volta. Isto, no pressuposto que o número final de votantes seria o mesmo e de que haveria transferência de votos de Cavaco Silva para a esquerda. Seja como for, a ordem de grandeza é a mesma - em 2006, foram apenas cerca de 30.000 votos que separaram Cavaco Silva de uma segunda volta com Manuel Alegre.

rui nunes
02-06-2010

Vivi perto da casa do Senhor na Av. Marques de Tomar, era criança e ouvia dos meus pais o melhor de si como homem de liberdades e quanto Poeta, e como sofreu no antigo regime.
Sr Manuel em criança não entendia as revoltas do ser humano, hoje depois de ter dado a minha juventude ao estado como funcionário púbico e na tropa, sinto uma grande revolta, tentei tudo como sindicalista e nada consegui. Os Guardas prisionais trabalham para além de todas as horas remuneradas de 30 a 80 horas não pagas nem compensadas, somos escravos, a maior parte fica calado com medo de perder 25% do ordenado em horas extraordinárias mas tem que fazer cerca de 80 sem receber como acontece no E.P.L. As pessoas têm medo de lutar. Não será isto escravatura e fascismo?
Obrigado, penso em si como um Homem de Liberdade, Poeta e homem de Amor na vida e nos direitos do ser humano.
Rui Nunes

Filipe da Silva Nobre
02-06-2010

O concelho de Vila Real de Santo António, está com Manuel Alegre. Portugal mais do que nunca precisa de Manuel Alegre para Presidente da República. A luta vai ser difícil. Mais arriscada foi em Angola e, o Manuel venceu-a. Apoiar o Manuel Alegre é o mais justo. Não devemos esquecer, o Manuel saiu de Portugal, por motivos de enormes diferenças, de pobreza, de falta de justiça social e de liberdade. O Manuel Alegre, no exílio sofreu bastante. Não foi de férias para São Tomé e Príncipe, nem fez negócios misteriosos. É um homem honesto. Um Presidente da República do Partido Socialista (com o devido respeito), tem de ser uma personalidade de grande carácter e firmeza. Neste momento, sinto-me bem com o meu Partido Socialista. Até que enfim.
Viva o Manuel Alegre. Viva Portugal

Levi Moreira da Costa
02-06-2010

Não posso dar o meu voto a quem dizia, quando desempenhava as funções de primeiro-ministro, coisas deste tipo:
"Quem quer saúde, paga-a!"
O meu voto e o meu apoio são para o Dr. Manuel Alegre, um homem que lutou pela liberdade, quando isso era muito difícil, e continua a travar o mesmo combate.
O Dr. Manuel Alegre não é só um homem de cultura; é também um político fiável, um verdadeiro democrata!
Colocar o Dr. Manuel Alegre na Presidência da República é um dever de todos os portugueses que prezam a liberdade e que anseiam por um Portugal próspero, onde todos possam viver com a dignidade a que têm direito.

Luís Jaime
01-06-2010

É uma pena não referirem o apoio do Partido Democrático do Atlântico que apoiou a candidatura de Manuel Alegre ainda antes do PS
Resposta da candidatura: Caro Luís Jaime, o apoio do Partido Democrático do Atlântico foi referido aqui no site assim que foi declarado. Sucede que as notícias mais recentes vão ocupando a página inicial, mas encontra a notícia AQUI

Miriam Ponte
01-06-2010

A vida reserva-nos muitos desgaste e novas aberturas...mas é bom ter-mos homens como o senhor em Portugal...homens de palavra, homens de confiança, homens apaixonados pelo seu pais e pela poesia, homens de coração inteiramente Português.
Será o melhor presidente que o País alguma vez teve... será o homem de Portugal....o pai da nossa Nação... o melhor dos melhores!
Todo o apoio da Região dos Açores.
Miriam Ponte, 15 anos - S. Miguel

António Gouveia
01-06-2010

A Comissão Nacional, ainda que tardiamente, reflexo temeroso da controvérsia previsível, aprovou o apoio à candidatura de Manuel Alegre. A consciência crítica do partido, a matriz ideológica representada por Manuel Alegre acabou por prevalecer.
Mais do que nunca, num mundo cada vez mais direccionado para a defesas dos valores materiais, que conduziram a sociedade a um estado de desânimo e sem esperança, torna-se fundamental que renasça o sonho de alguém que coloque a defesa dos valores humanos como supremo desígnio.
É imperativo de consciência de todos os socialistas o apoio à candidatura de Manuel Alegre.

Francisco Rocha
01-06-2010

A Comissão Política Concelhia de Vila Real do Partido Socialista, aprovou por significativa maioria (com uma única abstenção) a seguinte MOÇÃO:
«A Comissão Política Concelhia de Vila Real do Partido Socialista congratula-se pela Comissão Nacional do Partido Socialista, ter aprovado por larga maioria e sob de proposta do Secretário-Geral, José Sócrates, o apoio à candidatura presidencial de Manuel Alegre.

Acredita esta Comissão Política Concelhia, que a decisão tomada honra o país e o Partido e reitera todo o seu empenhamento para uma Vitória nas próximas Eleições Presidenciais.

Vila Real, 31 de Maio de 2010.
A Comissão Política Concelhia de Vila Real do Partido Socialista.»

2 / 2
1 2