Nós voltaremos sempre em maio
Manuel Alegre
InícioManuel AlegreNotíciasAgendaOpiniãoPresidenciais 2011LinksPesquisa
YouTube Twitter FaceBook Flickr RSS Feeds
> Discurso Directo
> Discurso Indirecto
Para todos os assuntos relacionados com o autor Manuel Alegre ou com a sua obra literária contacte rbreda@dquixote.leya.com
1 / 2
1 2
Cardoso Matias
31-12-2010

Cavaco como PM o que fez de reestruturante na nossa economia? Nada
O défice da nossa balança comercial foi durante os seus mandatos todos os anos negativo em cerca de 10% do PIB.
A divida não aumentou porque:

- Remessa de imigrantes - Fundos da UE - Venda de empresas e imobiliário.

A politica económica sempre assentou em :

- Obras Públicas (fundos da UE) - Construção (CTT, CGD)

Qual o resultado na agricultura e nas pescas dos biliões vindos da EU ?
ETC: ETC...

- Comércio

Quem inventou a PPP.?
Quem iniciou a TRANSFERÊNCIA DE FUNDOS DE PENSÕES

João Coelho
31-12-2010

Voto em si, acredito nos valores que defende e são precisos para o Portugal democrático porque já ninguém acredita em Sócrates e neste PS que em eleições será o novo partido Táxi.
Como acreditar quando as dificuldades e os sacrifícios são-nos pedidos até ao tutano e, assim como um ladrão de sepulturas, Sócrates, Helena André e Teixeira dos Santos dão um brinde de Natal a directores e quadros superiores da Segurança Social, promovendo-os e, pasme-se, retroactivamente a Janeiro de 2010!
Isto depois de terem eliminado apoios aos desempregados, cortado no Abono de família, congelado pensões e reduzidos valores do RSI.
Cabe-lhe a si, como candidato a Presidente, como lhe cabia como Presidente se o já fosse, dizer uma palavra que não deixe os portugueses cada vez mais esperançados no ressurgimento de um qualquer paladino da esperança tal como aconteceu em 1926.

Mário Rosário
31-12-2010

Manuel Alegre, esteve bem no debate, mas esqueceu-se de dizer que:

Manuel Alegre:
-Foi o 1º e o único político e candidato presidencial a responder favoravelmente ao apelo do bispo auxiliar de Lisboa e presidente da Comissão Episcopal da Pastoral Social, D. Carlos Azevedo, para que os políticos doem vinte por cento do salário a um fundo social destinado aos pobres.
- Foi o único candidato presidencial que esteve presente na manifestação de estudantes, contra o aumento das propinas.
- É um candidato solidário, com os bombeiros, os mineiros de Aljustrel e do Chile e ainda com as peixeiras do bolhão. Aliás, da última vez que lá foi fazer campanha, as peixeiras agradeceram-lhe, por ele não ter deixado que fechassem o mercado do bolhão...
-Foi o único candidato presidencial que se reuniu com as 2 principais centrais sindicais (CGTP e UGT), para falar sobre: o Orçamento de Estado (OE), a greve geral e as medidas de austeridade .
-Manuel Alegre prevê gastar menos dinheiro que Cavaco Silva, apesar deste gastar dinheiro em 450 outdoors e Cavaco não, Enquanto Cavaco Silva prevê gastar cerca de 2,1 milhões de euros, o candidato apoiado pelo PS e BE, Manuel Alegre, estima despesas de perto de 1,6 milhões de euros.
- Manuel Alegre é apoiado pelo Partido Socialista Francês e pelo presidente da Câmara de Paris, aliás, o PS Francês já disse que : a Eleição de Manuel Alegre seria uma grande vitória para a esquerda europeia.

António Sérgio
30-12-2010

Como sabem o candidato Cavaco Silva gosta muito de falar nas redes sociais e na sua página na internet. Pois bem, eu fiz um comentário e qual não foi o nosso espanto quando reparámos que nenhum dos nossos comentários aparecem, e são todos apagados. Eu da minha parte fiz um comentário no facebook (um único comentário) em que expressava a minha indignação por termos de fazer "like it" na página do candidato Cavaco para podermos ver os seus conteúdos. (parece que não fui o único pois agora já não é preciso). Ora a resposta deles foi bloquearem-me a possibilidade de fazer comentários. Enviei vários e-mails a pedir explicações e não obtive nenhuma resposta. Acho inacreditável que um candidato a Presidente e actual Presidente da República não saiba ouvir críticas e bloqueie e apague comentários que não lhe sejam favoráveis. Tentem comentar a página com uma simples crítica ou opinião divergente e vejam se passado 1 dia conseguem fazer mais algum comentário, ou se o comentário aparece.

Pedro Rocha
30-12-2010

Votar em Cavaco Silva, representará, estou certo e é isso que verdadeiramente me preocupa, o desrespeito pelos sacrifícios porque temos passado. Naturalmente que os temos aguentado, em nome da manutenção do Estado Social - ( Segurança Social; Escola Pública; Saúde ). Cavaco Silva têm um perfil de sinal contrário a todos estes direitos; o seu passado político fala por si; seria a manutenção do Status Quo, ou seja: - Fazer querer que se muda alguma coisa para afinal ficar tudo na mesma; isto é o que não interessa a Portugal.
Nesta Hora, é preciso estar consciente das dificuldades, mas também de um conjunto reinventado de possibilidades de fazer novas todas as coisas; é preciso fazer o que ainda não foi feito!.
Temos essa garantia em MANUEL ALEGRE.
Vamos nisto, sem hesitações, renovando o Portugal de Abril, ao serviço de Todos.
É tempo de Mudança; juntos vamos conseguir!.
VIVA MANUEL ALEGRE; VIVA PORTUGAL.

Carlos Brighton
30-12-2010

Há que continuar a denunciar a ligação e o apadrinhamento de Cavaco Silva a esta mega-vigarice que foi o BPN/SLN! É certo que ele não podia demitir Dias Loureiro de Conselheiro de Estado. Mas podia ter-se demarcado dele atempadamente! E só não o fez para, como é óbvio, lhe dar tempo para encobrir e destruir eventuais provas da sua participação nesta enorme vigarice, que já custou a quem trabalha e paga impostos, uma importância que resolveria a dívida Portuguesa! Não fosse o nome dele aparecer por aí...
Força Sr. Manuel Alegre! Quero que seja o meu Presidente! Em nome da honra, da justiça, e da dignidade de Portugal e dos Portugueses! Que espero tenham a clarividência para o eleger!

António Martins
30-12-2010

Tive pena que Manuel Alegre, acusado por Cavaco Silva, repetidas vezes, no debate televisivo, de querer enganar os portugueses, não lhe tivesse respondido que muitos portugueses é que se sentem enganados pelo facto de o actual presidente quando há cinco anos se candidatou ao cargo que ocupa ter afirmado não se resignar com a situação em que o país se encontrava, dando a entender que a sua acção seria decisiva para alterar o rumos das coisas.
Puro engano!

Domingos Figueiredo
30-12-2010

Excerto de carta publicada por mim no Diário de Notícias em Fev. 2008:

«O senhor Presidente da República, na sua mensagem de Ano Novo, (2008) colocou a necessidade de os Portugueses saberem para onde vai o País em matéria de cuidados de saúde.

Fez bem, ainda que tenha sido num dos seus Governos, enquanto primeiro-ministro, que alguém colocou o ovo da serpente no ninho da cotovia. Para os que não se lembrem, o ovo da serpente foi o Decreto-Lei nº 19/88, de 21 de Janeiro, há exactamente 20 anos. Foi aí que nasceu a destruição do Serviço Nacional de saúde, que tinha então cerca de dez anos depois de consolidado. Foi nessa altura que se entregaram as direcções de alguns hospitais a «personalidades de reconhecido mérito» que não tinham de ser médicos nem administradores hospitalares (Decreto Regulemntar nº 3/88, de 22 de Janeiro).»
Domingos Figueiredo
29-12-2010

Parabéns pelo debate de hoje. Que pena, não ter sido um bocadinho mais contundente. Era uma oportunidade única para "dar uma de Defensor Moura".
Mas televisão é mesmo assim...difícil.
É preciso acabar com este País de "Cor de Burro Quando Foge"

http://sem-anos-de-republica.blogspot.com/

Americo Marques
29-12-2010

Sou apoiante de Cavaco Silva e nele votarei.
Reconheço que o Candidato Manuel Alegre esteve bem, teve dignidade na sua postura e, por esse motivo, não poderia deixar de lhe transmitir que tenho apreço pela sua prestação televisiva e que poderia ser, mas que por circunstâncias temporais não será, o meu presidente.

Luís Teixeira
29-12-2010

Pedro Passos Coelho acaba de dar o maior tiro no pé, quando diz que Manuel Alegre será alguém que o impedirá de fazer as reformas que estão na sua mente quando for Governo.
Pedro Passos Coelho deu um enorme contributo para a campanha de Manuel Alegre. Todo o português não entidade patronal, fica assustado quando ouve falar nestas reformas.

Joao Rolo
29-12-2010

Quem foí primeiro Ministro entre 1985 a 1995?
Quem aceitou dinheiro da CEE para destruir a Agricultura, Pescas e Estaleiros Navais.
Quem foi o culpado pela Hiper-inflação nos anos de 1988 1992, com juros a 35%
É este candidato que se recandidata o pregador dos grandes conhecimentos económicos do Mundo.

Fernando
29-12-2010

Depois de ler hoje que o Governo vai taxar desempregados e reformados na Saúde, só posso esperar que o Manuel Alegre possa ser eleito e consiga parar esta vergonha que é este governo. Acredito em si, como homem de esquerda, homem de coração.
Estou revoltado, hoje mais do que ontem.
É preciso um Presidente que seja descomprometido com o neo-liberalismo que assola o actual governo e o actual Presidente.
Força Alegre!

Luís Moniz Pereira
23-12-2010

Caro Manuel Alegre
Queria chamar-lhe a atenção para esta notícia: http://serprof.blogspot.com/2005/12/sr-professor-silva-e-as-faltas.html
a qual comprova como Prof. Catedrático da UNL. Na altura era bem conhecido na instituição este processo disciplinar.
Cordialmente
Luís Moniz Pereira (seu apoiante)
Home Page: http://centria.di.fct.unl.pt/~lmp/

Graciano Rodrigues
21-12-2010

Esta vai ser a segunda vez que vou votar ALEGRE. Alegre porque quero alguém que salve Abril. Alegre porque se já houve mais de um milhão de portugueses da outra vez com sentido patriótico, espero que agora haja muito mais. Alegre porque minha mulher e meus filhos também vão votar ALEGRE. E alegre porque, já com 73 anos, ainda volto a passar pela alegria que me invadiu até às lágrimas no 25 de Abril, ao contribuir agora com o meu voto para que em Janeiro este país volte a exaltar-se ao eleger um compatriota com todo o mérito porque sempre teve Portugal no coração, que é o que os portugueses precisam de ver para segurarem a esperança. Já o abracei há 5 anos em Viseu. Foi um momento emocionante porque senti com a sua presença o espírito de Abril. Prosseguiremos até à vitória. Os meus cumprimentos. VIVA PORTUGAL.

Joaquim Fernandes
20-12-2010

O PARTIDO SOCIALISTA TEM QUE FAZER MUITO MAIS DO QUE TEM QUE SER FEITO,
PARA QUE PORTUGAL TENHA O PRESIDENTE QUE A MAIOR PARTE DOS PORTUGUESES
MERECE E A QUE TEM DIREITO.

Luís Dantas
19-12-2010

Cavaco Silva fartou-se de dizer ao povo, que Portugal ia para o pelotão da frente dos países europeus! Hoje é o que se vê!

Luís Dantas
19-12-2010

Manuel Alegre, ó grande poeta!, estou consigo mais uma vez. O seu manifesto eleitoral é um grande documento para mudar este país! Oxalá o povo, o nosso povo, o interiorize no coração!
Luís Dantas

Pedro Miguel Benhanon Salgado
19-12-2010

Caro Manuel Alegre, esta é uma batalha que temos de vencer. Uma vez reeleito, Cavaco Silva deixará de ser o presidente de todos os portugueses para passar a ser só de alguns... Julgo que o debate televisivo, que travará com o actual presidente, será um momento decisivo para mostrar ao país muitas das contradições do ainda chefe de estado: Um homem que sempre governou com muitos fundos comunitários, e sem crises internacionais, vem agora falar de pobreza? Este devia ser um dos argumentos fundamentais no confronto democrático que se avizinha. Não nos esqueçamos que o debate televisivo tem influência nos eleitorados mais esclarecidos das grandes cidades. É lamentável que a esquerda esteja dividida numas eleições em que se decide o árbitro da vida política dos próximos cinco anos. Nesse sentido, peço-lhe também que faça um apelo a uma união em torno de si, baseada numa ideia de centro-esquerda e de verdadeiras preocupações sociais que a candidatura adversária desconhece.

Maria Helena de A. B. e Baião
19-12-2010

De tudo ficaram três coisas:
A certeza de que estamos começando,
A certeza de que é preciso continuar e
A certeza de que podemos ser interrompidos antes de terminar
Fazer da interrupção um caminho novo,
Fazer da queda um passo de dança,
Do medo uma escola,
Do sonho uma ponte,
Da procura um encontro,
E assim terá valido a pena existir!

FERNANDO SABINO
do livro

"Encontro Marcado"

1 / 2
1 2